Custo X Benefício

Custo x Benefícios na escolha do papel tolha para a etapa de secagem das mãos

Qual o melhor papel toalha a ser utilizado, para evitar contaminação após a lavagem das mãos?

O processo de escolha de um papel papel-toalha não é tão simples como inicialmente pode parecer, ao invés de ser selecionado por critérios técnicos sabemos que na prática, o preço do produto é muitas vezes o fator determinante da escolha.

comum ouvir que estes produtos são todos iguais, mas existe diferença. No mercado encontramos tipos de papeis, como:

  • Papeis 100% Celulose Virgem: São papeis que utilizam a celulose pura, sem que ela tenha sido utilizada para a fabricação de nenhum outro papel;
  • Papeis Mistos: Em sua composição entra não só a celulose virgem como também papéis reciclados em proporções diversas;
  • Papeis Reciclados: São papéis fabricados a partir de aparas (restos) de outros papéis já utilizados, como, por exemplo, jornais, revistas, e papel de impressão.

No ponto de vista da legislação, a ANVISA deixa bem evidenciado, como, por exemplo, a Resolução RDC nº 216/04, de 15 de setembro de 2004 (Regulamento Técnico de Boas Práticas para Serviços de Alimentação.) “Item : 4.1.13 – As instalações sanitárias devem possuir lavatórios e estarem supridas de produtos destinados à higiene pessoal, tais como papel higiênico, sabonete líquido inodoro antisséptico e toalhas de papel não reciclado ou outro sistema higiênico e seguro para secagem das mãos. Os coletores dos resíduos devem ser dotados de tampa e acionados sem contato manual”.

Em uma cartilha da Anvisa na área de saúde ela deixa algumas dicas, como:

  • PAPEL TOALHADeve ser suave, possuir boa propriedade de secagem, ser esteticamente aceitável e não liberar partículas. Na utilização do papel toalha, deve-se dar preferência aos papéis em bloco, que possibilitam o uso individual, folha por folha;
  • PORTA PAPEL TOALHADeve ser fabricado, preferencialmente, com material que não favoreça a oxidação, sendo também de fácil limpeza. A instalação deve ser de tal forma que ele não receba respingos de água e sabão. É necessário o estabelecimento de rotinas de limpeza e de reposição do papel;
  • LIXEIRA PARA DESCARTE DO PAPEL TOALHAJunto aos lavatórios e às pias, deve sempre existir recipiente para o acondicionamento do material utilizado na secagem das mãos. Este recipiente deve ser de fácil limpeza, não sendo necessária a existência de tampa. No caso de se optar por mantê-lo tampado, o recipiente deverá ter tampa articulada com acionamento de abertura sem utilização das mãos.

O papel reciclado “teoricamente” mais barato, porém, não possui o mesmo poder de absorção do papel toalha de 100% celulose virgem, além de apresentar mal cheiro, baixo rendimento (baixo poder de absorção consumindo mais folhas para secagem) e contaminantes químicos e microbiológicos.

Após a conclusão de uma criteriosa avaliação técnica do produto pode-se iniciar a fase de escolha do fornecedor e de definição do preço justo para o mesmo, segue abaixo algumas especificações e comparações entre o papel virgem e o reciclado, que fará você pensar no custo benefício e garantir a saúde e segurança de alimentos na sua empresa:

  • Absorção
    Papeis fabricados com 100% de celulose virgem possuem alta absorção (e não esfarela quando molhado), enquanto os papéis reciclados não absorvem água adequadamente, gerando mais consumo de folhas para a secagem das mãos. Um bom papel deve absorver rapidamente a água.
  • Resistência ao úmido (R.U.)
    Papel toalha tem que ter um RU elevado, para que não se rompa ao ser retirado do dispenserpor mãos molhadas. Papéis dotados de RU receberam a adição de componentes químicos que aumentam a resistência mecânica do papel, principalmente ao ser molhado, esta característica permite que um papel toalha enxugue as mãos sem se desfazer.
  • Gramatura
    A gramatura em si não determina a qualidade do papel. Produtos fabricados com 100% de celulose virgem podem trabalhar com gramaturas mais baixas devido à sua qualidade (alta absorção, elevado RU e adequada resistência mecânica). Já os papéis reciclados, devido à falta de homogeneidade das aparas das quais se constituem, tendem a ter uma gramatura maior para compensar a falta de adequada resistência mecânica à tração.
  • Suavidade
    Quanto maior a quantidade de material reciclado, maior a aspereza do papel. A suavidade do papel toalha não se confunde com a maciez do papel higiênico. Neste, usa-se um tipo diferente de fibras e aditivos específicos para obtenção desta característica.
  • Brancura
    Não é o grau de brancura que determina a qualidade do papel, pois, principalmente nos papéis reciclados, são usadas grandes quantidades de alvejantes ópticos para “maquiar” a aparência dos diversos tipos de aparas utilizadas.
  • Odor
    A água é um dos principais insumos utilizados na fabricação do papel (cerca de 97%). Em alguns papéis reciclados, a cor e o dor do papel são derivados do tipo de água e de aparas utilizadas na sua fabricação.

Portanto, o uso de papel não reciclado e a boa escolha do fornecedor de papel toalha a ser usado minimiza o risco de contaminação das mãos após a lavagem das mesmas.